domingo, 20 de Maio de 2012

Cabo Verde: ONG portuguesa apoia agricultores de Santo Antão com financiamento da UE



CLI - Lusa

Cidade da Praia, 20 mai (Lusa) - A Organização não governamental portuguesa Monte vai apoiar agricultores da ilha de Santo Antão no escoamento e colocação dos seus produtos no mercado nacional, através de um projeto financiado pela União Europeia no valor de 185 mil euros.

A iniciativa visa ajudar os produtores agrícolas no escoamento e colocação dos seus produtos no mercado e está a ser aplicada pela ONG portuguesa Monte, com sede no Alentejo, em parceria com a Comissão Regional de Parceiros (CRP) de Santo Antão, no âmbito dos programas de luta contra a pobreza.

As localidades de Mocho, Figueiral, Casa de Meio e Ribeira da Cruz nos três concelhos de Santo Antão já foram identificadas como as preferenciais para receber o financiamento da UE.

A iniciativa segundo, Adriel Mendes, representante da CRP de Santo Antão, tem por objetivo "ligar os produtores aos consumidores, já que esta ligação tem faltado aos produtores de Santo Antão no momento de vender os seus produtos".

"Uma das maiores preocupações com que se deparam os produtores agrícolas em Santo Antão tem a ver com dificuldades em escoar e colocar os seus produtos no mercado e viabilizar parte dos excedentes agrícolas desses agricultores", explicou.

A Monte e o Ministério do Desenvolvimento Rural vão formar os agricultores e ainda mediadores, que passarão a receber assistência técnica.

O projeto denominado "balaio de horta", financiado pela União Europeia já na fase de implementação e terá uma duração de três anos.

Sem comentários: