sábado, 20 de agosto de 2016

São Tomé e Príncipe vai ter portal de informação turística na Internet



O "Welcome to", projeto 'online' que pretende desenvolver uma plataforma digital de informação turística sobre os países lusófonos, vai lançar um portal sobre São Tomé e Príncipe até ao final de agosto, disse à Lusa o gestor do projeto.

"O 'site' de São Tomé e Príncipe já está em construção e penso que estará 'online' já no final de agosto", disse Paulo Costa.

Segundo o responsável, "o 'Welcome to' é um projeto que existe desde 2012 e pretende criar uma plataforma digital de informação turística que reúna os países de língua oficial portuguesa".

"Começámos o projeto por Angola ('Welcome to Angola'), há quatro anos, pois o país estava num período de um grande crescimento económico e várias componentes permitiram que se começasse por ai", acrescentou.

Paulo Costa disse que agora será a vez de São Tomé e Príncipe e entretanto já foram iniciados também os contactos para se criarem os portais para Moçambique - previsto para o início de 2017 -, e Cabo Verde, seguindo-se posteriormente os demais países lusófonos.

"O 'site' de São Tomé é uma réplica do que já temos para Angola ( www.welcometoangola.co.ao ). Temos parcerias com as instituições públicas, o máximo possível, mas o projeto é de iniciativa privada, financiado pela publicidade", salientou.

"Este projeto passa por criar uma equipa local, o que já estamos a fazer em São Tomé e Príncipe, com um parceiro local, uma empresa que já atua no país ", sublinhou.

Segundo o responsável, a equipa em São Tomé e Príncipe recolhe todos os tipos de dados e fotos, enviando posteriormente para uma equipa de gestão de conteúdos do "Welcome to", que está baseada em Lisboa, que atualizará frequentemente o portal, como já faz para Angola.

"Vamos mapear São Tomé e também a Ilha do Príncipe, identificando os locais de interesse turístico a visitar, nomeadamente o património cultural e histórico do país", referiu.

De acordo com Paulo Costa, o objetivo é também de informar todas as infraestruturas existentes nas duas ilhas, como hotéis, restaurantes, aluguer de automóveis, supermercados, farmácias, clínicas entre outros, que possam interessar a quem deseje visitar São Tomé e Príncipe.

"Para além do 'site' ('Welcome to São Tomé'), queremos que os nossos suportes físicos - como os mapas, que têm muita informação - sejam distribuídos maioritariamente nos países que enviam turistas para São Tomé, como em agências de viagem, aeroportos, entre outros locais", afirmou.

Paulo Costa esclareceu que os portais "Welcome to" são de acesso gratuito, assim como todo o material de suporte físico.

"São Tomé precisa muito de ser promovido, tem um potencial muito grande na área do turismo, mas ainda falta essa promoção", disse, referindo ainda que o portal também indica oportunidades de negócios no país.

O responsável declarou que pretende estabelecer parcerias com as associações empresariais daquele país com o objetivo de divulgar eventos e oportunidades no campo empresarial e de negócios.

"O nosso objetivo era fazer uma plataforma única que depois derivasse para os países, mas nesse momento, estamos a construir os 'sites' país a país, para depois fazer uma plataforma única", indicou.

Os portais são bilíngues, em português e em inglês.

Paulo Costa declarou que este projeto tem como objetivo primeiro "criar sinergias" entre os países lusófonos.

CSR // EL - Lusa

Sem comentários: