terça-feira, 5 de junho de 2018

Costa no antigamente: FÁTIMA, FADO, FUTEBOL… FOGO!

PARTILHAR

Até parece que não existem problemas em Portugal para serem resolvidos rapidamente, até parece que não existem setores em Portugal que precisam de atenção, incentivos e medidas para que Portugal e a equipa de milhões - que somos nós - não desista, nem abrande, da recuperação pós-debulho e roubos de banqueiros, de políticos e outros dos tais de colarinho branco. E isso até parece porque vimos Costa a abraçar o futebol, e o mundial do dito. E o caminho que deixou de trilhar com a tal "geringonça". A seguir é Fátima e o fado, como antigamente? É demais. Para não expressar aqui a tal palavra ordinária… Fogo! Costa está a ficar como Passos e outros aldrabões. (MM | PG)

Sermos Campeões Europeus "é responsabilidade que não nos pode criar peso"

O primeiro-ministro diz que o facto de sermos Campeões Europeus não pode "criar um peso" e mostrou-se confiante no sucesso da Seleção Nacional no Campeonato do Mundo na Rússia.

António Costa esteve esta manhã na Cidade do Futebol, em Oeiras, em visita à Seleção Nacional, a quem dirigiu palavras de apoio.

“Que todos eles se realizem enquanto os excelentes profissionais que são. Que representarão, seguramente, Portugal com toda a dignidade e profissionalismo como o têm feito”, começou por dizer o primeiro-ministro sobre os 23 escolhidos de Fernando Santos. 

Costa não nega que o facto de sermos Campeões Europeus é uma responsabilidade. Mas afiança que “é uma responsabilidade que não nos pode criar um peso”. O líder socialista disse ainda que Portugal tem motivos para encarar esta prova com “muito otimismo e muita confiança”, deixando rasgados elogios ao trabalho da Federação Portuguesa de Futebol, no sentido de mostrar como deve ser o desporto. 

Sobre as ‘visitas’ à Rússia, Costa destacou que está previsto que seja Marcelo Rebelo de Sousa a marcar presença no jogo inaugural. “Eu irei ao Portugal-Irão. Depois irei aos oitavos de final, o Presidente da Assembleia da República irá aos quartos, o Sr. Presidente da República irá às meias-finais e depois iremos todos à final”, detalhou o primeiro-ministro, que se mostrou confiante no sucesso da equipa das quinas. 

Questionado sobre a necessidade de reconfortar Rui Patrício devido à situação que viveu no Sporting, clube com o qual rescindiu contrato, Costa disse ser de tamanha importância que os jogadores se sintam motivados. 

“Sabemos que nem todos tiveram uma vida calma e tranquila nos últimos tempos isso acontece-nos a todos e sabemos que o estado de espírito é essencial para darmos o nosso melhor. O Rui Patrício é uma marca extraordinária do futebol português, é um atleta que nos merece o carinho e o respeito de todos e com quem contamos para fazer um grande campeonato do mundo. É preciso que estejam todos a 100%”, concluiu.

Tiago Miguel Simões | Notícias ao Minuto
PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: