domingo, 24 de maio de 2020

ELES ROSNAM PARA AMEAÇAR


O imperialismo rosna para ameaçar e intimidar – mas encolhe-se diante dos que lhe fazem frente.

O bloqueio económico à Venezuela Bolivariana continua em vigor, mas desta vez as rosnadelas do sr. Elliot Abrams de que iria apresar navios não tiveram êxito. O valente Estado iraniano desafiou corajosamente o império e enviou cinco navios com refinados de petróleo à Venezuela.

O primeiro deles chegou hoje 23 de Abril às águas venezuelanas, escoltado por navios da Força Armada Bolivariana. O império e a US Navy não são tão poderosos quanto apregoam, mas mantêm uma estratégia de tensão contínua.

No ano passado já haviam apresado um petroleiro iraniano ao largo de Gibraltar, num atentado à liberdade de comércio.

Os actos de sabotagem e gangsterismo contra a Venezuela chegam até mesmo ao roubo de patrimonio do Estado venezuelano. É o caso da CITGO, empresa de distribuição de refinados nos EUA, que foi tomada pelo governo trumpiano. É o caso igualmente das 31 toneladas de ouro venezuelano depositadas em Londres que lhe foram roubadas pelo Banco da Inglaterra.

Sem comentários: