quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Rio de Janeiro: BANDIDOS AMEAÇARAM DETONAR GRANADA NO ÔNIBUS – “VAI EXPLODIR!”


Foto: Carlo Wrede / Agência O Dia

O DIA

Rio - Três bandidos armados com pistolas e granada levaram pânico e terror a passageiros de ônibus da linha Praça Mauá—Duque de Caxias, da Viação Jurema, ontem à noite, no Centro. Durante a ação, que durou 1h20, eles ameaçaram detonar o explosivo no coletivo e matar todo mundo: “Vai explodir”, teriam gritado. Houve tiroteio.

Segundo o comandante da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, dois bandidos acabaram presos, 11 passageiros foram libertados no final da ação e outras cinco pessoas ficaram feridas. O terceiro criminoso, Jean Junior da Costa Oliveira, de 21 anos, fugiu pela Av. Brasil em direção à Favela do Mandela, em Manguinhos, após roubar um Zafira e fazer casal refém, mas acabou preso durante a madrugada.

Os feridos foram identificados como Eliza Monica Pereira, 46 anos, levou tiro no abdômen (está em estado grave); Alcir Pereira, 46, carona num veículo que passava perto do ônibus (tiro no pescoço); Fabiana Gomes da Silva (tiro nas nádegas) e Josuel dos Santos Messias, 46 (tiro na perna). A quinta vítima, um PM, foi levada ao hospital da corporação. Ele estava de folga. Os outros feridos foram para o Souza Aguiar.

A ação começou às 20h, quando o trio invadiu o coletivo e anunciou o assalto, na Av. Presidente Vargas, a poucos metros da Universidade Estácio de Sá. A polícia foi avisada e dois PMs em motos interceptaram o ônibus. O veículo ficou parado no local cerca de 40 minutos. Mega-aparato da polícia cercou o coletivo e fechou as pistas sentido Zona Norte por 35 minutos.

Momentos depois, o coletivo saiu do local, guiado por um passageiro, o analista de sistemas Helio Gomes, 30, que dirigiu por 500 metros. Viaturas de diversos batalhões seguiram o ônibus, que furou o cerco. O passageiro tentou cruzar o canteiro, mas bateu numa árvore. Houve troca de tiros. O Bope chegou para ajudar, mas novamente o ônibus furou cerco. Próximo à estação do metrô da Cidade Nova o veículo parou, com o pneu furado por disparos. Às 21h30, os bandidos se renderam.

Reportagens de Adriana Cruz, Aurélio Gimenez, Celso Oliveira, Clarissa Mello, Flávio Araújo, Gislândia Governo, Marcos Galvão, Maria Inez Magalhães, Maria Luisa Barros, Mariana Moura e Vania Cunha


Sem comentários: