sexta-feira, 22 de julho de 2016

Portugal. "Não há políticos mais cobardes que os fanáticos do Bloco Central" – Alfredo Barroso

PARTILHAR


Ex-militante socialista culpa Marcelo Rebelo de Sousa, António Guterres, Cavaco Silva e ainda Vítor Constâncio pela "adesão e integração desastrosa de Portugal na Zona Euro”

Na sua página no Facebook, Alfredo Barroso não teme as palavras e dedica um texto repleto de críticas aos que chama de “fanáticos do Bloco Central”, aqueles que considera ser “os mais politicamente cobardes” entre os políticos e os que “nos enfiaram na zona Euro e fogem de referendos à Europa como o diabo da cruz”.

Essa motivação, diz o socialista, é o que leva Marcelo Rebelo de Sousa a “nunca autorizar qualquer referendo que questione a União Europeia”.

O antigo militante responsabiliza, além de Marcelo, nomes como António Guterres, Cavaco Silva e ainda Vítor Constâncio como os “grandes responsáveis pela adesão e integração desastrosa de Portugal na Zona Euro” e que, no seu ver, recolhem uma particularidade comum: “Todos eles fugiram, como o Diabo da Cruz, da possibilidade de referendar o sinistro Tratado de Maastricht, que instituiu a União Europeia em 1992”.

João Oliveira – Notícias ao Minuto

PARTILHAR

Author: verified_user

0 comentários: