Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 8 de janeiro de 2017

LÍDER DA UNITA OBRIGADO A ENGOLIR SAPOS BEM GORDOS


Raul Diniz, opinião

Foi arrepiante ouvir as palavras delirantes proferidas pelo presidente vitalício da UNITA, sobretudo aquelas em que afirma estar cansado engolidor de sapos. Mas porque só agora é que Isaías Samakuva se apercebeu que é um politico fraco especializado apenas em engolir sapos?

Afinal o que se pode esperar de um líder que no oculto é um fervoroso praticante do engole papismo? Nada né.

Acho que a militância da UNITA não merece um líder que se esconde frequentemente por detrás de uma cortina de fumo. Se o meu amigo Isaías Samakuva quisesse fazer um ato respeitável, seria de extrema elegância e de profunda grandeza altruística devolver a presidência da UNITA aos órgãos reitores do partido, pegar discretamente a sua trouxa e ir-se embora.  

De preferencia IS deveria ir para bem longe da UNITA, partido que ajudou de sobremaneira a enfraquecê-lo destrutivamente.

Apesar de ser vergonhoso, é bem verdade que ao afirmar estar farto de engolir sapos, Isaías Samakuva claramente não faltou com a verdade. Os angolanos sabem que o líder da UNITA não passa da conjugação do verbo encher.

Samakuva precisa ser realista e perceber de uma vez por todas, que ausência de tiros não significa existência de paz em Angola.

Não fica bem ao presidente sucessor da enorme figura que foi e vida Jonas Savimbi, vir a público vitimizar-se a troco de nada. Já chega o papelão de querer passar-se por líder de uma oposição forte, que na verdade nunca existiu com a sua liderança.

A UNITA é muito importante para a vida de muitos angolanos que nela se reveem, porém, é deplorável e até mesmo penoso o estado lastimável o estado em que o partido do galo negro atualmente se encontra.

De modo algum jamais trocaria o “M” onde milito a mais de 40 anos pela UNITA, não sou de todo aventureiro para sequer pensar em tamanha asneira. Porém já nutri grande estima e simpatia pelo grande líder da UNITA que foi o dr Jonas Malheiro Savimbi, que, diga-se de passagem, foi o homem mais corajoso, que Angola algum dia produziu nos dois últimos séculos.

Conheço o presidente da UNITA há mais de 25 anos, com quem, aliás, convive de perto com Isaías Samakuva, pois o respeito como pessoa honesta que é, e preso muito pela sua amizade.

Por outro lado, uma coisa são as relações cabíveis de amizade, outras são as relações entre nós dois na defesa do povo, que um dia jurei defender, e me levou a desertar do exercito português, e transitar para as FAPLA, exercito afeto a guerrilha do MPLA, partido a que estou vinculado militantemente a mais de 40 anos.

Tenho por isso autoridade moral para criticar os alarmantes desvios alarmantes da conduta politica do líder da UNITA.

De resto o presidente da UNTA assim como José Eduardo dos Santos dentre outros militantes do MPLA e afetos as Forças armadas sabem muito bem que sou avesso ao culto do engole sapismo. Ao contrario de IS, eu não engulo sapos de jeito nenhum, nem voluntariamente nem obrigado, ou seja, ainda que essa sapada surja com indumentária em ouro eu não os engulo.

Samakuva é mesmo engolidor de sapos? Desde quando? Onde e como aconteceu à primeira engolida de sapo?

E todos esses sapos foram pretensamente engolidos para manter soerguida a bandeira da paz em Angola? Sinceramente fica impossível compreender as qualificações politicas do líder imortal da UNITA, que acaba de firmar-se como vitima da sua própria armadilha.

Num momento que se requer dos partidos da oposição uma ação concertada para inviabilizar a heterodoxia politica fascizante da ditadura suportada pelo MPLA, numa altura em que são violados todos os direitos constitucionalmente observados, sobretudo pela chantagem politica incrementada contra a própria UNITA, o seu presidente demonstra o seu imprestável gosto de engolir sapos!

Hoje posso afirmar sem medo de errar, que o líder da UNITA Isaías Samakuva não é nem de facto nem de direito o maior patrimônio objetivo de paz para os angolanos.

Desde quando é que um sapo engole outros sapos? Sempre pensei que os inúmeros incomportáveis saltos de Samakuva faziam-no idêntico ou parecido aos seus pares anfíbios, os sapos! Percebe-se agora que o presidente da UNITA imita muito bem o chefe do regime que tudo tem feito para surgir aos olhos de cidadãos distraídos, como arquiteto da paz.

Isso é irreal, não pode ser verdade! Será possível que Samakuva está mesmo a ver o filme do lado de fora do cinema? Pior que tudo, estará a vê-lo de patas para o ar?

Samakuva tem de ser de uma vez por todas um politico responsável, se quiser ser respeitado como tal.  Como não entende que é o povo que tem sido obrigado a engolir sapos de todas as cores e tamanhos, por ter na liderança da UNITA um líder frouxo e totalmente incompetente. Dentro do xadrez politico nacional?

Porém, a pergunta que não quer calar é a seguinte, qual é a assinatura da UNITA face ao futuro de Angola?

Essa pergunta produz uma como resposta uma afirmação excêntrica e inegavelmente dolente para o cidadão que espera encontrar uma UNITA forte e bem temperada para o embate politico que se aproxima. A UNITA não pode continuar a debicar os grãos no aprisco de Isaías Samakuva, ela deve a meu ver procurar fortalecer-se longe do seu atual líder engolidor de sapos.

Sem comentários: