sábado, 17 de setembro de 2016

VOTAR, EM ANGOLA? – Fernando Vumby



EU NUNCA VOTARIA NUM PAÍS COMO ANGOLA, ONDE TODAS AS SUAS INSTITUIÇÕES SÃO UMA AUTÊNTICA FARSA QUE NÃO ME MERECEM CREDIBILIDADE!

Fernando Vumby, opinião

Onde nunca se tem o mínimo de garantia de que o meu voto, não será manipulado ou misturado com os votos ate de pessoas mortas para facilitar quem organiza, controla e fiscaliza todo um processo que nunca mereceu a minha credibilidade e nem de uma grande parcela de angolanos dentro e fora do país.

Assim não daria a possibilidade aos manipuladores crónicos de sempre e habituais em transformar o meu voto em seu, sem o meu consentimento e mesmo assim não votando estaria á usufruir o meu legitimo direito como cidadão angolano.

E ao contrário do que alguns pensam o voto nulo não é nenhum retrocesso aos meus direitos adquiridos como cidadão angolano, não é não.

Pois se o que está em causa é o direito que tenho em escolher alguém que me represente ou um Partido, de igual modo tenho o mesmo direito em não votar em ninguém e para tal ninguém me pode obrigar a fazê-lo.

Não votar também é uma forma de protesto e resposta ao sistema atual assassino e corrupto que tudo vai fazer para continuar no poder e não existindo outra possibilidade senão mesmo só a manipulação dos votos, tenho o meu legitimo direito em não contribuir com o meu voto para a próxima batota eleitoral que tenho como única certeza vai acontecer.

Há dados que provam que mesmo se estando á um ano das mesmas os planos e truques neste momento ate já estão em fase avançada faltando apenas dar os últimos retoques com a contratação e aluguer de uma frota de motoqueiros que vão simular transportar os fiscais, quando o verdadeiro compromisso jurado, assinado á preto e branco com direito imediato ao cartão de militante estará muito longe de ser daquilo que vão vender á uma plateia nacional tomada por idiotas que não vão conta, pensam eles.

Pois se isto é um direito ninguém deve ser obrigado a votar, e além disso há pessoas que não se revejam em nenhum dos programas apresentados pelos candidato e Partidos alguns dos quais ainda não convenceram e se desconfia funcionarem como simulados pontas de lanças da linha recuada de um partido no poder sem legitimação nacional nem por isso tão matreiro como só eles mesmos acreditam.

Até por uma questão de orgulho pessoal e não se viver o resto da vida com um certo peso de consciência por não se ter a certeza para onde foi o seu voto, eu aconselho aos que não se reveja nesta palhaçada e farsa porque a história já nos provou que nunca uma ditadura organiza , controla e fiscaliza eleições para o derrotar , a melhor opção ainda e apesar dos pesares é mesmo o não votar.

Tenho a certeza absoluta que muita gente não vai votar porque sabe que o que está em causa não é o voto concretamente, pois este, desde há muitos anos que se tornou mercadoria e perdeu o seu real valor, mais sim a legitimação da batota mais uma vez e nas belas calmas sem kigila se aceitar tudo em nome da já tradicional (paz) dos santos....

Fórum Livre Opinião & Justiça - Fernando Vumby

Sem comentários: