Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 12 de março de 2017

DE PORTUGAL SEM CUNHÃO PERANTE JES ATÉ À CORRUPTODEPENDÊNCIA – por Fernando Vumby


ORDINARIAMENTE FALANDO, PORTUGAL NÃO TEM CUNHÃO PARA EMITIR UMA MANDATO DE CAPTURA CONTRA NENHUM GOVERNANTE PRÓXIMO DE JES!

Fernando Vumby, opinião

E não sei o porquê de tanta conversa se este processo contra Manuel Vicente e outros vai mesmo acabar arquivado como habitualmente?

JOGO SUJO OU POLÍTICA SUJA?

Estou farto de ouvir este tipo de acusações contra governantes angolanos comprovadamente corruptos e mesmo assim no fim seus processos acabam sendo arquivados mais para salvar interesses pessoais, do que propriamente de países, pois se perguntassem ao povo angolano e ao povo português ambos diriam que gostariam de ver estes corruptos julgados e condenados.

Isto já se tornou numa vergonha sem fim, no meio político angolano e português que tende a nivelar todos por baixo, no momento em que são ensaiados os primeiros passos para a próxima fraude eleitoral que Portugal até nem vai deixar de ser o primeiro país a reconhecer mais um governo nascido de uma batota.

Essa acusação que tenho quase a certeza vai acabar mesmo por cair num saco vazio e escuro, dá sinais de que está aberto o jogo sujo da política suja praticado desde sempre por governantes angolanos que mais uma vez acredito vão acabar por influencia a justiça portuguesa para deixar tudo em águas de bacalhau e como vai ficar.

A Justiça portuguesa deveria ser mais rigorosa contra os corruptos angolanos, pois só através de ações praticas Portugal deixa de ter a má fama em ser a lavandaria de quase tudo que se rouba em Angola e estaria em melhores condições para propor novas e boas ideias ás futuras gerações angolanas.

É só mesmo tanta conversa Portugal vai mesmo arquivar este processo, não estou á ver outro jeito,e daqui á umas semanas ja nem se fala nisto e para os angolanos como habitualmente tudo vai continuar como se nada tivesse acontecido , tal qual aconteceu com outras dezenas de processos arquivados contra governantes angolanos , suas famílias e não só.

Para mal dos angolanos que sofrem das consequências da corrupção e lavagem do nosso capital , Portugal vai mesmo acabar por arquivar os processos todos contra Manuel Vicente e outros ladrões e não faltarão argumentos bem calculados para vender ilusões e acalmar os ânimos.

Esperar por 6 meses para acertar tudo com o próximo governo seria uma grande aventura para Portugal que precisa muito de Angola , pois acredito que ate mesmo Portugal sabe que JES/MPLA vai defender utilizando todos os meios a sua fraude eleitoral para continuar no poder e continuar a cuspir no rosto destes dois povos angolano e português.

FINALMENTE PERDI A GOTINHA DE DÚVIDAS QUE TINHA. SOMOS SIM, GOVERNADOS POR CRIMINOSOS!

Ate mesmo só o facto de nunca considerarem as investigações sérias e denuncias responsáveis feitas sobre casos crónicos de corrupção envolvendo a maioria dos governantes por jornalistas como Rafael Marques e outros tantos, já é uma das provas evidentes de que somos governados por criminosos.

Pois de contrário tomariam este trabalho investigativo, sério e responsável ate mesmo para irem melhorando os seus trabalhos e corrigindo certos erros se é que não os cometem propositadamente para criarem brechas que facilitam roubos e lavagens especialmente de capital.

Um regime sério não perderia tanto tempo pensando em planos maldosos contra cidadãos angolanos que para bem de Angola e de todos os angolanos investigam casos e situações menos boas para os reportar com seriedade e responsabilidade.

Pois se alguma vez tivessem considerado denúncias feitas sobre crimes de assassinatos e casos de corrupção poderiam ter evitado toda esta vergonha que o país e os angolanos têm estado a passar com essas centenas de escândalos de corrupção que tomou conta de quase todo o governo.

Hoje somos obrigados todos a carregar connosco a vergonha no rosto por sermos de um país dos mais corruptos e por termos governantes que perderam coragem e com vergonha para serem honestos porque não dá lucro.

Será que algum angolano de bem e com o mínimo de raciocínio se sente feliz com essa vergonha em termos um presidente da republica corrupto e sua família, um vice e grande parte do governo todos os dias mencionados dentro e fora do país como corruptos?

Será que algum angolano com sã consciência se sente orgulhoso pela farsa que é o sistema judiciário angolano, que é no fundo o mal de todos os males, a origem de todas as infelicidades, a fonte de todos os descréditos das nossas instituições, e que já é mesmo considerado por vários estudiosos como a miséria suprema desta Angola hoje transformada na propriedade de gente sem origem angolana.

Então se o regime tem ouvido as denúncias do povo e considerado as criticas sérias de muitos jornalistas e não só, não teria feito tudo para que as coisas não chegassem onde já chegaram?

Se tivéssemos um sistema judiciário não corrupto e se não fosse a farsa que é, não teríamos passado todos essa vergonha, pois hoje o sinonimo de angolano é corrupto, ladrão e assassino em qualquer parte do mundo civilizado.

Se tivéssemos um sistema judiciário exemplar os roubos aos cofres públicos não teria se transformado em moda que veio para ficar, se distanciaria dos assassinatos, puniria seja quem fosse, e se sentiria tão indignada como se sentem a maioria dos angolanos sensatos.

Nada mais triste para nós angolanos que sofremos as consequências brutais da corrupção que atingiu toda a estrutura governamental desde a base ao topo, do que vivermos todos os anos os mesmos casos de corrupção e cada vez com mais envolvimento de gente ligada a presidência da república.

Num ritmo tal e com vários capítulos em todos eles com claras evidencias incontestáveis de que somos realmente governados por um grupo de criminosos para todos os gostos, situações e circunstancias.

Hoje Angola virou um império de governantes maldosos privilegiados em postos públicos e com posições de destaque na linha da frente onde todos querem ser sempre os primeiros á esfregarem suas mãos de contente por ter feito mais um assalto aos cofres públicos, enquanto isto os miseráveis, injustiçados vão continuando ate mesmo sem direito de se considerarem gente porque estão cada vez mais sem nada para sobreviverem.

NESTE MPLA NÃO HÁ QUEM CONSIGA COMBATER A CORRUPÇÃO E JAMAIS HAVERÁ, PORQUE JÁ FAZ PARTE DA VIDA DO PARTIDO!

E isto não é ser pessimista mais sim verdade, porque conheço tão o MPLA por dentro onde andei alguns anos o que não é novidade para alguns que me conhecem.

Fui operativo do (CIM) Contra Inteligência Militar ex colega de muita gente que estão ainda hoje no ativo infiltrados em vários ministérios com duplas e dúbias funções, sendo uma delas obrigatoriamente ainda como operativos (as) dos Serviços Secretos.

Precisamos ser realistas e deixar as ilusões de fora, pois é fácil perceber que é a falta de moral política num Partido que habituou os seus membros dirigentes e militantes a encararem a corrupção como se nada fosse o que fez com que hoje não haja nenhum de entre eles, capaz de combater este mal que tem feito morrer muita gente.

Quem andou no MPLA e se não andou a sonhar acordado deve ter dado conta de que, uma das coisas mais difíceis no Parido é o ser honesto e o exercer com transparências seja que funções forem.

Os ladrões estão em todos os gabinetes e exercendo todo tipo de funções desde os magistrados que se confundem com advogados, defensores e ate conselheiros dos réus quando as ordens são para safar alguém que matou ou roubou por ordens superiores desde que tenha dado lucros para ambos.

O tempo dos ingénuos e parvalhões que acreditavam que alguém no MPLA fosse ou seja capaz de combater a corrupção já lá se vai, por isso, todo este discurso demagogo de João Lourenço, seus seguidores e alguns médias privados contratados para fazer campanha indireta querendo fazer crer que o homem vai fazer alguma coisa está condenado á bater na barra.

O combate á corrupção é uma espécie de higiene política dentro de um Partido, mas pelo estado crónico de sujidade em que se encontra o MPLA, não dá para acreditar que alguém hoje esteja em condições pelo menos moral, para fazer limpeza desta crosta de lixo que tomou conta de todo o Partido e maioria dos seus dirigentes

Fórum Livre Opinião & Justiça - Fernando Vumby

Sem comentários: