Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 25 de junho de 2017

ANGOLA, PAÍS DA ELITE CRIMINOSA E DE BRANDA OPOSIÇÃO



PGR É UM INÚTIL COM GRANDES DIFICULDADES EM PERCEBER QUE RAFAEL MARQUES É MAIS ÚTIL PARA O PAÍS DO QUE TODA BANDIDAGEM JUNTA QUE DESGOVERNA ANGOLA!

Fernando Vumby | opinião

Este inútil é daqueles que se não tivesse nascido seria inventado exatamente para tocar o instrumento que toca mal, porcamente e de forma tão nojenta neste rancho folclórico atípico de corruptos denominado por governo.
O tipo tem dificuldades em perceber a importância de um Rafael Marques para Angola e os angolanos, e pior do que isto, é não dar conta da sua inutilidade e o prejuízo que causa ao país pela forma corruptamente vergonhosa como exerce este cargo sem razão de existência por ser a pior e mais agoniante farsa nacional.

Mas com todo o respeito aos que alegam no seu ministério que se tudo dependesse deles este tipo já estaria no olho da rua á vários anos, e para não ficar no que os outros já disseram, importa dizer aqui que há cada vez mais gente esperando por uma oportunidade para lhe apontar com o dedo no rosto e quem sabe ate mesmo pessoas da sua família por enquanto ainda sufocados pelo medo de serem eliminados por ordens do mesmo?

Já é tempo deste inútil dar conta de que presta um serviço péssimo ao país e é como diz e bem dito o Rafael Marques, se uma certeza também tenho é mesmo de que tarde ou cedo se depois de bem espremido ou não, este tipo está entre os que poderão ter um fim muito triste e penoso numa cadeia qualquer.

                 O QUE PRECISA VIR MAIS À TONA PARA QUE SE PRENDA JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS E SEUS FILHOS?

Desde que se provou que JES, tem contas em bancos estrangeiros com os números e datas em que os depósitos foram feitos tornados públicos por David Mendes em conferencia de imprensa em Luanda, sem que houvesse desmentidos que merecesse credibilidade se não o pronunciamento de um famigerado (PGR) alegando que não tinha competência para julgar o presidente ladrão.

O que mais nos falta ler, ver e ouvir sobre os roubos de JES, uso e abuso dos nossos dinheiros pelos seus filhos, familiares e amigos e pela quantidade de crianças que já morreram como consequência da corrupção que eles institucionalizaram em Angola?
Será que os angolanos precisam mesmo de um presidente criminoso associado aos maiores grupos de esquemáticos empresários nacionais e estrangeiros que praticam roubos das nossas riquezas ao seu bel-prazer?

Que porra de gente somos nós, que permitimos que um bandido deste nível permaneça anos e anos intocável sem que haja alguém que tenha pelo menos um pouco de coragem para lhe cuspir no rosto ou atirar-lhe com uma pedra?

ONDE AS ELEIÇÕES SÃO UMA UTOPIA E A JUSTIÇA A PIOR FARSA NACIONAL SÓ UM IDIOTA PODE ACREDITAR QUE NÃO HAVERÁ FRAUDE ELEITORAL EM AGOSTO!

Se até o próprio país em si é uma mentira, a justiça uma farsa e a constituição letra morta imposta aos covardes já sem lágrimas para chorar de tanto se habituarem ao perverso.

Vai haver sim batota eleitoral ate porque o regime sabe que é obrigado á fazer isto porque não tem outra alternativa e depois da batota vai ser só fazer uns discursos vendendo algumas ilusões falando em (paz) para envolver a oposição no silencio misterioso habitual de sempre que as batotas acontecem.

Não quero acreditar que a nossa oposição política e o povo no geral assuma depois da batota um outro comportamento se não o habitual em nome da ja tradicional da palavra de ordem "para se evitar uma nova guerra e em nome da (paz) mas vale aceitarmos a batota".

E assim o MPLA na maior e nas suas belas calmas voltará a brindar a nação com mais deputados representantes da fraude e da mentira num país onde a solidariedade entre os explorados e batotados nem por isso é tão sólida como às vezes se acredita.

OS TRÊS PODERES EM ANGOLA SÃO UMA FARSA ALIMENTADAS PELA MÃE DE TODA A CORRUPÇÃO, O JUDICIÁRIO!

Enquanto juízes honestos existentes em Angola se poder contar na palma de uma só mão, o poder judiciário será sempre a grande e mais nojenta farsa que temos no país, claro logo depois da presidência da república.

Hoje em quase todas as conversas sejam elas na lanchoneta da kota Paula no Zango II, nas universidades, nas casas de kimbombo e ate mesmo em alguns círculos intelectuais mais fechados o que se comenta é só sobre os esquemas , casos de corrupção e julgamentos encomendados praticados pelo sistema judiciário angolana sob gestão de um PGR de quem ainda não se escreveu tudo que se conhece do mesmo ate um dia.

O sistema judiciário angolano é constituído por uma só pessoa o procurador da republica (PGR) que recebe ordens da presidência através da casa militar, que abusa, usa mal e porcamente os juízes ao seu serviço com uma dose elevada de trungungo uma característica de todo o corrupto
.
Se este PGR dependesse dos seus subordinados desde há anos que estaria no olho da rua, confessou-me em 2015 uma funcionária desta famigerada instituição.

Quando um PGR se preocupa mais com as denúncias justas feitas por Rafael Marques e vive preocupado em demasia na busca permanente de artimanhas para salvar criminosos engravatados e patenteados ignorando completamente o perigo que até ele mesmo, JES e sua família se constituíram para o país e os angolanos declara-se deste modo como uma autentica farsa.

Manos é por causa desta farsa que vocês tratam de (PGR) que criminosos conseguem liberdade para distribuir nossos dinheiros roubados da caixa publica entre eles e seus filhos e que toda corja de criminosos sejam eles negros ou brancos vindos sei lá de onde tentam a sua sorte numa Angola hoje transformada num autentico putedo com prostitutos patenteados de bandeja para todo tipo de cliente.

AS LEIS APROVADAS POR CRIMINOSOS (MPLA) SÃO LETRAS MORTAS QUE, QUANDO O REGIME MUDAR SERÃO ENTERRADAS!

Dizem todos os angolanos de bem desde jornalistas, historiadores, juristas não conotados com o regime, estudantes, técnicos incluindo eu, bruxos, curandeiros e ate mesmo veteranos de guerra de que o MPLA é um partido criminoso com uma política baseada nos assassinatos, corrupção e manipulações, e daí todas as leis que eles fabricaram para se livrarem de possíveis julgamentos acabarão enterradas quando o regime mudar.

Como se o facto de nunca terem sido legitimados para governar Angola não bastasse, ainda assim criaram uma série de leis para baralhar o cidadão, sancionar honestos e proteger ladrões e marginais nas vestes de governantes.

As leis quando criadas por um grupo de gente sem legitimidade para o fazer, acabam por não ter o respeito e atenção que teriam se as mesmas fossem criadas por gente legitimada e que gozassem credibilidade nacional e internacional.

Os projectos de leis em Angola são as mesmas farsas como o próprio regime e basta ver que maior parte delas são fabricadas de um dia para o outro não respeitando na maioria dos casos nem mesmo os princípios constitucionais e não são nada mais do que uma espécie de imposições de ladrões aos roubados, dos desonestos aos honestos (trungungo selvagem) de marginais engravatados.

São leis não debatidas em profundidade nem mesmo entre eles os ladrões e manipuladores não passando de palavras de uma única pessoa neste caso o déspota (JES) que no fim os seus lambedores acabam por transformar em leis.

Claro, desta bandidagem não poderíamos esperar outra coisa, como é nos países geridos por gente democrática, honesta, não corrupta, onde uma lei nunca é aprovada sem obedecer o caminho da exposição, explicação, debate sério, cada um pensando com a sua própria cabeça antes da votação e aprovação e ainda assim precisar de uma analise jurídica para que haja um parecer técnico de constitucionalidade.

Sempre que aprovam uma lei á moda deles tipo batoteiros que estão a jogar batota no quarto de banho da assembleia nacional, recordo-me de alguns liambeiros do antigamente, que fumavam com o meu kota no quintal do S. Domingo que hoje até deram em deputados do MPLA!

O MEU ARREPENDIMENTO | O PROBLEMA DOS DIRIGENTES DO MPLA É NÃO SE IMPORTAREM QUE HAJAM PROVAS DE QUE SÃO CRIMINOSOS!

Mas nós que já passamos pelo MPLA, hoje temos consciência de que foi a pior coisa que nos aconteceu na vida termos pertencido a um (movimento /partido) com características e comportamento de um autentico grupo organizado de delinquentes.
Eu pessoalmente pelo menos já me arrependi á muitos anos e ate hoje tenho a minha passagem pelo MPLA como um dos piores acontecimentos ocorridos na minha vida e considero ate mesmo pior do que a minha passagem pela cadeia dois anos e poucos, onde vi com os meus próprios olhos coisas que se algum dos meus filhos me contassem talvez não acreditaria.

Para ser sincero não tenho saudades do tempo que passei no MPLA, pois por tudo quanto vi com os meus próprios olhos não me admira que Angola tenha dado no que deu hoje, um país governado por gente muito esquisita, sem remorso, sem sensibilidade, sem vergonha na cara, ao ponto de se tornarem na vergonha do continente africano.

Hoje cá na Europa governante angolano é sinonimo de ladrão, corrupto e sujo moralmente e há cada vez mais angolanos que arranjam todos os truques possíveis para evitar se apresentar como cidadãos angolanos por receio de serem conotados com os criminosos que governam o país e já é alarmante o numero de angolanos que rejeitaram a nacionalidade angolana quando optaram pela europeia.

Os europeus as vezes confundem o país com o povo e a qualidade de gente que governa o país. Angola vai continuar sempre como um país e estes ladrões que (des)governam Angola hoje, mais tarde ou mais cedo vão desaparecer. Esta é uma certeza que temos.

Eu lamento apenas que haja gente que se calhar mal informada, por interesses materiais ou por dificuldades em poder pensar com a cabeça passaram a pensar com a barriga e com os bolsos, a andarem atrás desta bandidagem que tirando os roubos não valem absolutamente nada.

Fórum Livre Opinião & Justiça | Fernando Vumby

Sem comentários: