Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 21 de julho de 2016

ASSIM É O CHE!




Num momento em que se chegou ao extremo da irracionalidade humana pôr em causa a Mãe Terra, que poderá deixar de ser garante de vida tal e qual a conhecemos, o materialismo dialéctico torna-se ainda mais abrangente e essencial, pois só haverá racionalidade quando o pensamento e a actividade humana se enquadrarem na lógica com sentido de vida!...

O Che, por via de sua própria experiência pessoal, assumiu-se enquanto vanguarda nessa lógica com sentido de vida, conforme ao seu “amor rigoroso” e é por isso que sua figura, sua trajectória, sua filosofia ardente, generosa e vigorosa, não pode ser circunscrita ao conceito de estado e emerge internacionalista e solidária indelevelmente ligada à sustentabilidade da vida.

Por todas as razões de sua inesgotável lição de vida, ele continua muito para além de sua morte física a ser o inspirador do que é de mais puro nos sentimentos humanos, que não se podem furtar à vida em sociedade, no colectivo e cada vez mais assumida numa minúscula e perdida casa comum, conforme à Mãe Terra!

Pela racionalidade humana, pela vida respeitosa para com a Mãe Terra, por esse “amor rigoroso”sedento de justiça, de solidariedade e de internacionalismo… que sejamos em plena globalização um pouco como o Che! Por todas as razões de sua inesgotável lição de vida, ele continua muito para além de sua morte física a ser o inspirador do que há de mais puro nos sentimentos humanos que não se podem furtar à vida em sociedade, no colectivo e cada vez mais assumida numa minúscula e perdida casa comum conforme à Mãe Terra!onforme ao "seu amor rigoroso" e é por isso que sua figura, sua trajectória, sua filosofia ardente e vigorosa, não pode ser circunscrita ao conceito de estado e emerge internacionalista e solidária indelevelmente ligada à sustentabilidade da vida!onforme ao "seu amor rigoroso" e é por isso que sua figura, sua trajectória, sua filosofia ardente e vigorosa, não pode ser circunscrita ao conceito de estado e emerge internacionalista e solidária indelevelmente ligada à sustentabilidade da vida!

Por todas as razões de sua inesgotável lição de vida, ele continua muito para além de sua morte física a ser o inspirador do que há de mais puro nos sentimentos humanos que não se podem furtar à vida em sociedade, no colectivo e cada vez mais assumida numa minúscula e perdida casa comum conforme à Mãe Terra!

Sem comentários: