quarta-feira, 7 de setembro de 2016

TEMER TEMER, COSTA NO BRASIL



video


O PM português está no Brasil dos golpistas. Vai encontrar-se e cavaquear com Temer, o PR do golpe no Brasil. A diplomacia, os negócios, a CPLP, a alegada lusofonia, a não intromissão nos assuntos internos, etc., levam António Costa ao Brasil saracuteando-se no antro golpista que derrubou uma presidente legítima (Dilma) e seu governo. Costa vai confraternizar com a velhacaria e bando de corruptos que atualmente reconhece como os representantes legítimos do Brasil, do povo brasileiro. 

Costa nem equaciona que Temer e seu governo golpista não foi eleito? Argumentará que a justiça brasileira legitimou Temer e o seu governo? Justiça? Que justiça, os da justiça do golpe?

Costa vai estar com Temer e seu governo. Acompanhará os golpistas na abertura dos jogos paraolímpicos. Costa não terá vergonha nem se sentirá mal por pactuar com tamanhos salafrários?

Parece que não. A isso argumentará todo o tipo de "desculpas". Pois. Temer impôs-se. Os valores de muitos e também de Costa alteram-se como camaleão altera as suas cores. Há que temer Temer porque são imensos os milhões de euros ou dólares que do Brasil podem vir para Portugal?

É uma vergonha. Basta de venderem a alma ao diabo. Se não podem ou não convém serem frontais usem ao menos evasivas para pactuar com gentes salafrárias, corruptos e golpistas. Usem as diversas manhas da diplomacia mas sejam verticais, realmente democratas que não aceitam PRs e governos não eleitos que são fruto de golpes de estado institucionais, constitucionais, jurisdicionais, etc.

Já agora, que Costa está do outro lado do Atlântico, poderá, no regresso, voar até Luanda e cumprimentar os "democratas" angolanos que compõem o regime "democrático". E de seguida voar até São Tomé e Príncipe para cumprimentar o PR saído de um golpe eleitoral, o senhor Evaristo Carvalho. E o seu mentor e PM do país: Patrice Trovoada. Porque está pertinho quase que pode ir a nado à Guiné Equatorial e cavaquear e abraçar o ditador Obiang. Logo a seguir uma visita à Guiné-Bissau (calha em caminho para Portugal). Ali poderá parabenizar os políticos e militares que infernizam a vida dos guineenses com golpes e contra-golpes, com assassinatos, com roubos e contra-roubos, com plataformas e corredores de cocaína e o que mais der lucros.

Boa viagem, Costa. A vida assim não custa, Costa. Quando não há vergonha é porque não há respeito pelos povos. É do que gosta Costa?

Mário Motta / PG

Sem comentários: