quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Chefe do Governo de Macau "muito contente" por visitar Portugal a partir de sábado



Macau, China, 08 set (Lusa) -- O chefe do Governo de Macau, Chui Sai On, disse estar "muito contente" por visitar Portugal, onde chega no sábado e terá encontros com o primeiro-ministro e o Presidente, além de copresidir à reunião da Comissão Mista Portugal-Macau.

"Estou muito contente porque estarei dia 10 em Portugal", disse o líder do Governo de Macau, à margem da apresentação da versão final do primeiro Plano Quinquenal da região.

Chui Sai On confirmou que terá encontros com António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa, além do ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, com quem copresidirá à comissão mista.

Em 2017, o encontro bilateral será em Macau, estando já os seus preparativos em marcha, indicou.

Chui Sai On não respondeu a questões sobre a composição da delegação que o vai acompanhar. Na quarta-feira, a Rádio Macau noticiou que o chefe do executivo fará a visita sem outros membros do Governo, informação que não foi confirmada pelo seu gabinete.

Na véspera da partida não é ainda conhecida a agenda da deslocação a Portugal, que dura até dia 15.

Em meados de agosto, Chui revelou que a ida a Lisboa é fruto de um convite de Marcelo Rebelo de Sousa.

"O Presidente da República [portuguesa] fez-me esse convite, vou ser recebido por ele durante esta visita. Depois vou (co)presidir à comissão mista (...), vamos fazer um balanço e uma perspetiva para o futuro. (...) Estamos muito confiantes no reforço da cooperação com os países lusófonos", afirmou, no dia 15 de agosto.

Os governos português e chinês passaram desde 2014 a realizar reuniões anuais da comissão mista Portugal-Macau, para debater a cooperação em áreas como justiça, turismo, segurança ou ensino do português.

Até então, tinham decorrido duas reuniões formais - em abril de 2011 e em setembro de 2013 -, além de uma reunião intercalar em setembro de 2012.

Os dois territórios têm manifestado, nos encontros da comissão mista, o interesse em reforçar a sua cooperação, envolvendo quer o setor público, quer o privado.

"Com a viagem, Macau, por um lado, fortalecerá as bases para o intercâmbio em diversos domínios, tais como Língua Portuguesa e Educação, Cultura, Meio-Ambiente, Juventude" e pretende "intensificar a cooperação com Portugal e Países da Língua Portuguesa", reforçando "o seu papel de ponte" entre a China e a Lusofonia.

A visita de Chui Sai On a Lisboa terá lugar mais de cinco anos depois da primeira, realizada em junho de 2010, meses após o início do seu primeiro mandato como chefe do executivo.

A deslocação do líder de Macau a Portugal tem ainda a particularidade de ocorrer pouco tempo antes da V conferência ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, conhecido como "Fórum Macau", nos dias 11 e 12 de outubro, em Macau.

Nos últimos anos, à exceção de uma visita a Bruxelas, em janeiro de 2012, Fernando Chui Sai On tem apenas efetuado visitas ao continente chinês.

Em 2010, teve encontros com o então Presidente da República Cavaco Silva e primeiro-ministro José Sócrates.

Nesta deslocação, Chui Sai On fez-se acompanhar dos secretários para a Economia e Finanças, Francis Tam, e dos Assuntos Sociais e Cultura, Cheong U, e liderou uma delegação com 65 pessoas, entre elas o presidente da Assembleia Legislativa, Lau Cheok Va, membros do Conselho Executivo, deputados, equipa do Fórum Macau, empresários e outras personalidades.

ISG (FV/DM) // VM

Sem comentários: