quarta-feira, 21 de novembro de 2012

ANGOLA CONDENA ESCALADA DE VIOLÊNCIA NA RD CONGO

 

 
Luanda - O Governo da República de Angola condena com veemência a escalada de violência que se verifica na República Democrática do Congo, que coloca em perigo a paz, a estabilidade e a segurança regional, em particular na região dos Grandes Lagos, indispensáveis para se solucionarem os problemas de natureza social, política e económica aí existentes.
 
A tomada de posição vem expressa num comunicado de imprensa do Executivo, distribuído hoje (quarta-feira), em Luanda, no qual adianta que o Governo da República de Angola tem estado a acompanhar, com muita preocupação, a evolução da situação no Leste do país vizinho, particularmente na região do Kivu Norte, onde as forças rebeldes, do designado M23, acabam de ocupar a cidade de Goma.
 
Considera que tais acções, de natureza militar, são incompatíveis com o princípio da resolução pacífica dos conflitos, tendo principalmente em conta que a RDC realizou recentemente eleições democráticas, cujos resultados foram reconhecidos por toda a comunidade internacional.
 
Na esteira, reafirma que a soberania e integridade territorial da República Democrática do Congo devem ser respeitadas e preservadas, e apela às instâncias internacionais, em especial ao Conselho de Paz e Segurança da União Africana e ao Conselho de Segurança das Nações Unidas para que tomem as medidas apropriadas para pôr termo à investida belicista das forças rebeldes, de modo a que se instaure um clima favorável à resolução dos alegados problemas que se encontram na base do actual conflito armado.
 

Sem comentários: